A psicologia das cores ajuda a enfatizar conceitos, mensagens e ativar emo√ß√Ķes nas pessoas. Ela √© muito usada nas √°reas de design, comunica√ß√£o e estrat√©gias de marketing.

Atualmente, profissionais de v√°rias √°reas usam esse conhecimento para criar sensa√ß√Ķes crom√°ticas. Existe a consci√™ncia que cada cor possa emitir emo√ß√Ķes espec√≠ficas para completar cada tipo de mensagem para determinado p√ļblico.

A ind√ļstria que produz produtos e servi√ßos usa as cores como elemento visual de destaque para o posicionamento da marca e divulga√ß√£o de seus produtos.

No processo de persuas√£o, a cor cumpre uma miss√£o importante podendo influenciar positivamente os consumidores.

A psicologia das cores

Entendemos essa √°rea de conhecimento como uma √°rea que envolve pesquisa e aplica√ß√£o de conceitos a respeito da percep√ß√£o do c√©rebro humano no processo de identifica√ß√£o das cores e, ao mesmo tempo, sobre as sensa√ß√Ķes envolvidas.

√Č importante pesquisar e saber utilizar a psicologia das cores, pois ela √© fundamental no processo de constru√ß√£o da imagem e da gest√£o de marca da empresa.

Considerando que cada tipo de cor pode produzir sensa√ß√Ķes e percep√ß√Ķes no ser humano, essa psicologia √© introduzida de forma te√≥rica e pragm√°tica usada pelos setores de marketing de uma empresa.

Fun√ß√Ķes das cores

A partir desse entendimento, podemos afirmar que as principais fun√ß√Ķes desse tipo de psicologia perceptiva √© trabalhar no processo de  identifica√ß√£o das melhores cores que podem ser inseridas nos produtos e servi√ßos de uma determinada empresa e, principalmente, na comunica√ß√£o e nas a√ß√Ķes promocionais da marca.  

Afirmamos que a psicologia das cores é uma área fundamental, pois ela estuda, planeja, identifica, seleciona e aplica as cores certas que poderão fortalecer a imagem da empresa e da sua marca no mercado.

Numa vis√£o mais simplificada, ela indica as cores que melhor posicionam a marca e o produto da empresa para o consumidor.

Quando falamos em produto, podemos lembrar que a relação marca e produto é identificado pelo cliente através do logotipo e do produto.

O logo e as cores que identificam a marca se fazem na embalagem, no material promocional, visual e demais tipos de materiais que chamam a aten√ß√£o do cliente com ofertas e informa√ß√Ķes.

A estrutura da imagem de uma empresa √© composta por v√°rios elementos, e a cor √© um desses elementos primordiais, pois ela tem a capacidade de criar emo√ß√Ķes e atratividade.

Ahhhh, antes que eu esqueça no youtube montei um curso básico de HTML5 e lá você também vai encontrar vários outros tutoriais, acessa lá!

Exemplos de aplicação

A psicologia das cores trabalha muito com a associação, por exemplo, quando uma pessoa sente fome ela pensa, na maioria dos casos, em alimentos quentes relacionados às marcas que usam logomarcas nas cores vermelha, amarela e preta que sugerem força e temperatura.

As montadoras de carros, revendedoras e locadoras de ve√≠culos utilizam muito as cores que mais usadas nos carros, como a cor vermelha escura e clara, azul escuro, platinado e branco. 

O carro preto também é muito usado e, geralmente, é o modelo mais caro, sendo essa cor também inserida em diferentes logos de concessionárias.

O mercado

Psicologia das Cores Design - Branding
Psicologia das Cores Design – Branding

No mercado, al√©m da percep√ß√£o do cliente, a empresa busca se manter na mem√≥ria de seu p√ļblico-alvo e da sociedade como um todo para criar credibilidade e respeito.

Para ficar na mente das pessoas é importante transmitir forma, qualidade, eficiência e outros valores que podem ser identificados também através das cores.

Enfatizamos que as cores transmitem emo√ß√Ķes, lembran√ßas, mensagens e informa√ß√Ķes.

No mercado, quando analisamos linhas de produtos e produtos de um mesmo segmento, percebemos que certas empresas, muitas vezes, imitam cores de seus concorrentes para obter uma taxa de similaridade no mercado.

Se o líder de vendas de sabão em pó usa as cores azul, verde e branca, os concorrentes também usam cores parecidas.

√Č aconselh√°vel que uma empresa nascente ou em fase de crescimento escolher o seu pr√≥prio padr√£o de cores de posicionamento de imagem.

Isso ajuda a criar diferenciação de mercado e de produtos na mente do consumidor. Esse fator deve ser levantado nos planejamentos que envolvem o estilo de design e de seleção de cores.

Quando a mesma empresa amplia sua linha de produtos e lança novos produtos sob a mesma marca, ela pode criar vários produtos usando a mesma marca. Podemos lembrar o exemplo clássico dos biscoitos recheados, o de morango usa cores branca e vermelha e o de chocolate usa cores marrom e preta.

A import√Ęncia da cor

A empresa em seu planejamento estratégico deve realizar a escolha da cor certa, para inserir fundamentos sólidos no processo de percepção de seus clientes.

O planejamento de gest√£o de marca e de seus atributos s√£o importantes para o sucesso do produto e da marca.

Quando a empresa comete erros na escolha de uma cor para marca, ela pode ter perdas de vendas e de aceitação tendo que refazer todo o projeto de gestão de marcas e, em certos casos, ter que refazer todas as embalagens e demais materiais promocionais.

Al√©m da parte impressa, a informa√ß√£o digital tamb√©m envolver o uso correto das cores no website ( em html ) oficial da empresa, nos v√≠deos institucionais, nos comerciais, aplicativos e outros tipos de conte√ļdos que estar√£o acess√≠veis na internet.

Sabemos que a informação digital está na palma da mão do cliente que está conectado 24 horas por dia através do smartphone, acrescentando o tempo de uso do computador pessoal.

Portanto, a cor tamb√©m √© importante na sua aplica√ß√£o em produtos e conte√ļdos digitais. Para as novas gera√ß√Ķes n√£o h√° diferen√ßa entre mundo digital e mundo virtual.

A partir dos aspectos do marketing tradicional e digital, a cor √© importante no material impresso e digital, estando presente tamb√©m nos pontos de venda, no ambiente de eventos e em outras situa√ß√Ķes.

A aprovação das cores

A partir de uma pesquisa de mercado bem realizada, o departamento de marketing e a equipe de branding (gestão de marcas) deve eleger os melhores componentes da marca e da identificação do produto.

Escolher a cor correta é fundamental, como já dito antes, mas, antes de sua aplicação definitiva, a empresa pode realizar um teste de mercado selecionando uma ou duas cidades para oferecer o seu produto ou serviço gratuitamente para estudar a percepção e o nível de aceitação do consumidor.

Nessa etapa teste, caso seja necessário trocar logo, fontes e cores, o custo de alteração ou adaptação será menos custoso para a empresa.

Portanto, os profissionais das mais áreas de marketing e comunicação da empresa consideram muito o significado das cores no momento de aplicar as cores em cada tipo de material selecionado na gestão de marcas.

O consumidor

Psicologia das Cores Design - Consumidores
Psicologia das Cores Design – Consumidores

Geralmente, o consumidor não tem noção do nível de pesquisa e discussão que a escolha das cores podem gerar entre os profissionais que trabalham a favor da imagem e do marketing de uma empresa e seus produtos.

O consumidor, no ponto de venda, procura qualidade, acessibilidade e preço justo, porém os demais atributos psicológicos influenciam na sua escolha sem ele perceber.

Por exemplo, ao lembrar das marcas, logos e produtos mais famosos, o que vem na nossa mente? Quando falamos em produtos para o cabelo, imediatamente nos vem na mente as cores roxa e vermelha presentes nas caixas de tinturas ou cor branca ou dourada presente nas embalagens de shampoo.

No caso das tinturas, as cores mais fortes tentam transmitir para o consumidor que ele ir√° brilhar igual uma estrela numa festa ao utilizar aquela tintura muito divulgada pelas atrizes e modelos de sucesso.

Podemos entender que os consumidores estão acostumados a criar associação com as cores presentes em determinados tipos de produtos que produzem comportamento e necessidades, mas, sobretudo, atiçam os desejos de cada um.

Qual √© o desejo de uma mulher que escolhe uma tintura para o seu cabelo? Ficar bonita, agradar o parceiro, chamar mais aten√ß√£o do que as outras mulheres, ser destaque na festa e ser admirada. 

Agora, qual é a necessidade de uma mulher ao escolher uma tintura para o seu cabelo? Cobrir os cabelos brancos, obter mais brilho, tratar o tecido capilar, produzir uma nova aparência e se sentir melhor perante o espelho.

Essa √© a diferen√ßa b√°sica entre ‚Äúnecessidade‚ÄĚ e ‚Äúdesejo‚ÄĚ t√£o estudada no marketing e na comunica√ß√£o de produtos.

Nas prateleiras, as caixinhas de tintura para cabelo competem para produzir a maior diferenciação perante os consumidores escolhendo as cores mais chamativas para simbolizar o sucesso que o cliente obterá consumindo o produto.

Com esse exemplo acima, podemos entender mais profundamente a função da psicologia das cores no contexto das necessidades desejos dos clientes.

A escolha do consumidor

Por isso torna-se fundamental que o produto e a marca estejam utilizando a marca certa para estimular a escolha do consumidor. Essa área de conhecimento psicológico e de branding deve ser utilizado o tempo todo na empresa e no projeto de negócio.

Esses detalhes influenciam no posicionamento da marca e do produto envolve por envolver a percepção do cliente em relação à decisão de compra.

Dessa forma a cor exerce atração visual e a percepção no nível da identificação e ativação de comportamentos. O reconhecimento de uma necessidade e desejo gera comportamento e decisão de compra por parte do consumidor.

Portanto, a cor resume a fun√ß√£o da marca e do produto, os seus benef√≠cios e valores direcionados para atender as necessidades e expectativas do consumidor no mercado. 

O branding e as cores

Psicologia das Cores Design - Branding e as cores
Psicologia das Cores Design – Branding e as cores

Devemos lembrar que o branding significa  ‚Äúgest√£o de marca‚ÄĚ, ele trabalha nas a√ß√Ķes referentes √† imagem da empresa e de seus produtos e servi√ßos.

Nesse setor, os profissionais de marketing, design e comunica√ß√£o atuam para a cria√ß√£o e aprova√ß√£o do desenho, logotipo, cores, formato de embalagem, qualidade de impress√£o, acessibilidade e informa√ß√Ķes do projeto que, quando aplicados, informar√£o ao consumidor, ativando o consumo e posicionando a marca.

O branding trabalha forte para construir a melhor solução de imagem para a imagem da empresa e para criar o envolvimento com os clientes.

Imagine, por exemplo, o duro trabalho de escolher as cores certas para uma embalagem de suco de limão, é fácil, basta escolher a cor verde e colocar essa cor escolhida como fundo por detrás da marca ou do nome do produto. Mas qual seria a cor verde escolhida? O verde bandeira? O verde escuro? O verde opaco?

Se existem muitos refrigerantes de lim√£o no mercado, na pr√≥xima vez que entrar no supermercado compare o tipo de cor verde utilizada nas marcas ‚ÄúSprite‚ÄĚ, ‚ÄúSchweppes‚ÄĚ, ‚ÄúDolly‚ÄĚ e ‚ÄúToby‚ÄĚ. Independente do pre√ßo, do posicionamento de cada produto nas prateleiras e da estrat√©gia de vendas de cada marca, o verde n√£o √© igual.

Essa diferencia√ß√£o no uso da mesma cor em marcas concorrentes busca informar para o cliente que o sabor do ‚ÄúSprite‚ÄĚ n√£o √© igual ao do ‚ÄúSchweppes‚ÄĚ, mesmo que ambos sejam feitos de lim√£o, tenham pre√ßos similares e qualidade similar.

Voltando ao exemplo do sab√£o em p√≥, imagine se as caixas ou saquinhos de sab√£o em p√≥ (ou detergente em p√≥) fossem impressos nas cores cinza e pretas… Ningu√©m compraria, pois essas cores simbolizam sujeira no setor de limpeza.

Considerando que a empresa pode ser pequena, média ou grande, saber decidir sobre a utilização de determinado design e cor é fundamental para o empresário que precisa gerar identificação e diferenciação a partir das cores e outros componentes visuais de marca e produtos.

O comportamento do consumidor perante as cores

Quando aplicamos os fundamentos da psicologia das cores, os profissionais pesquisam sobre o mercado, as necessidades e desejos do consumidor, como especificados acima.

A sele√ß√£o das cores certas seguem, basicamente, esse caminho. Como declara o publicit√°rio e editor Fernando Rebou√ßas: ‚Äúas cores criam a alma para as formas e fortalecem a identidade de objetos identific√°veis, visando traduzir as necessidades, desejos e inten√ß√Ķes de compra do cliente‚ÄĚ.

Esses objetos podem ser comerciais, institucionais ou aplicados para o terceiro setor (ONG e OSCIP).

Dessa forma, a psicologia das cores ajuda a identificar as influências visuais e emocionais que cada cor pode provocar no consumidor.

No √Ęmbito geral, em rela√ß√£o ao comportamento do consumidor, a cor pode influenciar no estilo de roupa, na cor do ambiente e nas embalagens dos produtos.

Cada tipo crom√°tico pode oferecer a capacidade de ativar o lado emocional e mental do consumidor.

O significado das cores na marca

Psicologia das Cores Design
Psicologia das Cores Design

Segundo Kotler, uma Marca é um nome, termo, símbolo, desenho ou uma contribuição desses elementos que deve identificar os bens ou serviços de uma empresa ou grupo de empresas e diferenciá-los da concorrência. E as cores estão presentes nesse imenso conjunto de geração de valor e posicionamento da imagem.

A seguir descrevemos os significados de cores mais utilizadas, formalmente, porém a sua aplicação depende da intenção de cada tipo de estratégia de marketing.

A cor azul

A cor azul costuma ser cor preferida tanto do p√ļblico masculino quanto do feminino. Ela transmite sensa√ß√Ķes de seguran√ßa e confian√ßa.

√Č fria, nos pa√≠ses tropicais azul pode causar a impress√£o de frescor e leveza.

A cor vermelha

Considerada uma cor mais quente e carregada emocionalmente. Pode expressar valores opostos do bem e do mal, como o amor e a guerra.

A cor amarela

√Č uma cor que transmite alegria. Simboliza jovialidade, sentimento l√ļdico, recrea√ß√£o e otimismo. √Č tamb√©m funcional quando utilizada para alertar sobre os perigos por meio de sinaliza√ß√Ķes de tr√Ęnsito.

Por exemplo, preto sobre amarelo são os sinais de advertência para materiais venenosos, explosivos e radioativos.

A cor verde

Essa cor simboliza sa√ļde, limpeza, natureza, vida. Podendo abranger do  saud√°vel, de tudo que cresce, oposto do murcho e seco.

Enquanto que o vermelho significa o  quente, o azul √© o frio. O verde emite uma temperatura agrad√°vel.

A cor laranja

A cor laranja é mais presente do que pensamos, nem sempre está presente em todos os produtos, mas é encontrada muito além das garrafas de refrigerante de laranja.

Na religião budista, a cor laranja representa o símbolo de iluminação, representando o grau supremo de perfeição.

Podemos citar o filme ‚ÄúLaranja Mec√Ęnica‚ÄĚ que, independente da conota√ß√£o da hist√≥ria em si, usa muito essa cor nos ambientes do filmes.

Essa cor transmite o l√ļdico, divers√£o e sociabilidade. Ela pode ser usada para gerar sentimento de desejo, conforto, calor, energia, estimulante, sa√ļde, recrea√ß√£o, soci√°vel, amig√°vel, alegria, divers√£o, l√ļdico, c√≠trico, entusiasmo, fertilidade, vibra√ß√£o, entre outros.

A cor violeta

Oriunda da mistura do vermelho com azul, a violeta ou lilás são raros na natureza, mas simboliza força de espiritualidade e sensualidade.

A cor violeta é utilizada, na Igreja Católica, pelos bispos e de prelados em suas batinas, simbolizando a humildade cristã. O violeta também pode simbolizar a cor da vaidade e dos pecados ligados à beleza.

Numa vis√£o geral, essa cor pode simbolizar emo√ß√Ķes de enterro, alquimia, engano, mis√©ria, calma, dignidade, controle, viol√™ncia, agress√£o, furto, humildade, recato, penit√™ncia, poder, luxo, nobreza, teologia, magia, extravag√Ęncia, vaidade, sedu√ß√£o, sexualidade, erotismo, imoralidade.

Outras cores

Outras cores podem ser utilizadas em embalagens considerando somente a cor do produto. Nas embalagens de chocolate, por exemplo, as cores preta e marrom s√£o muito usadas para criar refer√™ncia  √† cor do pr√≥prio produto.

Nas mesmas embalagens de chocolate, encontramos a cor amarela na marca ‚ÄúGaroto‚ÄĚ que utiliza o amarelo para transmitir alegria, for√ßa e o otimismo que o chocolate gera em seu prazer de degusta√ß√£o.

Cores mais claras s√£o muito usadas em produtos de limpeza, beleza, higiene pessoal e perfumes para simbolizar suavidade. Todos esses aspectos s√£o estudados na psicologia das cores.

Compreens√£o geral das cores

Compreendemos essa √°rea de conhecimento, como uma √°rea de pesquisa, percep√ß√£o e pragm√°tica. As percep√ß√Ķes s√£o carregadas de emo√ß√Ķes e identifica√ß√£o de signos.

Cada cor precisa estar no seu lugar certo para ativar a percep√ß√£o do c√©rebro humano no processo de identifica√ß√£o das cores e demais sensa√ß√Ķes envolvidas.

Os profissionais de branding, marketing e comunicação pesquisam sobre a utilização de cores, principalmente, para a construção da imagem e da gestão de marca da empresa.

A cor tem a capacidade de produzir sensa√ß√Ķes e percep√ß√Ķes no ser humano, esse conhecimento deve ser bem utilizado para evitar perdas de mercado.

Quando obtemos o entendimento na associa√ß√£o afetiva e mental do consumidor, entendemos a fun√ß√£o das cores no processo de  identifica√ß√£o das melhores cores que podem ser inseridas nos produtos e servi√ßos enfatizando a marca e posicionamento da empresa.

O posicionamento est√° ligado aos esfor√ßos do setor de comunica√ß√£o e nas a√ß√Ķes promocionais da marca. Lembramos que a psicologia das cores estuda, planeja, identifica, seleciona e aplica as cores certas visando o fortalecimento da imagem da empresa e da sua marca no mercado.

Simplificando, esse conhecimento psicol√≥gico ajuda a indicar as cores que melhor posicionam a marca e o produto da empresa para o consumidor considerando suas necessidades, desejos e emo√ß√Ķes.

Existem a relação marca e produto é identificado pelo cliente através do logotipo e do produto impresso nos produtos com cores e formas que fazem parte de sua percepção emocional.

Principalmente, a cor fortalece a presença da embalagem e do material promocional no ponto de venda, enfatizando o caráter visual e de demais tipos de materiais que precisam chamar a atenção do cliente, principalmente, no ponto de venda.

Conclus√£o

Neste artigo, falamos também da relação entre o logo e as cores que produzem o poder de identificação e o processo de associação pertencentes à estrutura da imagem de uma empresa é composta por vários elementos como referidos por Philip Kotler.

A cor √© um dos elementos primordiais na composi√ß√£o da imagem de uma empresa, pois ela tem a capacidade de criar emo√ß√Ķes e atra√ß√£o pelo produto e pelo servi√ßo.

Ela trabalha como um dos elementos de apelo de identificação, escolha e compra por parte do consumidor.

Portanto, a psicologia das cores sempre deve ser usada para  trabalhar para gerar emo√ß√Ķes e associa√ß√£o, principalmente, para atrair consumidores que compram sem pensar muito ou que pensam atrav√©s das percep√ß√Ķes para comprar.

As cores est√£o presentes em empresas de carros, alimentos, roupas, moda de alta costura, m√≠dia, eletr√īnicos, sa√ļde, higiene pessoal, transporte e viagens, no segmento masculino e feminino, fast food, informa√ß√£o impressa e digital e demais tipos de produtos e servi√ßos.

Afinal, basta olhar ao redor, que as cores estar√£o l√° presentes gerando ideias, sentimentos, vis√£o e emo√ß√Ķes para compor o dia a dia de todas as pessoas. 

Me diz uma coisa, voc√™ quer aprender mais sobre Front end? Baixe nosso Material Gratuito ou aprenda mais sobre Front end no youtube.

Deixe suas perguntas ai nos comentários que irei responder, e até a próxima forte abraço!


Summary
Psicologia das Cores Design - Guia com significados das cores e aplica√ß√Ķes comuns ‚ö°
Article Name
Psicologia das Cores Design - Guia com significados das cores e aplica√ß√Ķes comuns ‚ö°
Description
A psicologia das cores ajuda a enfatizar conceitos, mensagens e ativar emo√ß√Ķes nas pessoas Ela √© muito usada nas √°reas de design.
Author
Publisher Name
Vida Fullstack
Publisher Logo
Share This